Publicado em Deixe um comentário

Livro como esse você nunca viu… e nem eu!

Lançado. O meu primeiro livro já está disponível para os leitores. A escrita é o meu mundo, por formação, por convicção e por missão.
Já cultivei dois blogs que pereceram nos servidores da vida, e cujos textos agora  estão neste meu primeiro livro, o Histórias de Cego. Trata-se do livro de crônicas de uma pessoa cega, no caso eu. São pequenas histórias, todas verdadeiras, contando passagens curiosas da minha vida, com o objetivo de mostrar para as pessoas que a minha vida não é escura e triste quanto se pensa. Sim, a existência de um cego não é apenas dar de cabeça nos postes da vida, embora seja isso também.

Já dei palestra para 3 mil pessoas, tenho vídeo no canal do Youtube com 1,3 milhão de visualizações… Mas escrever um livro é uma emoção diferente. Vou entrando devagarzinho nesse mundo que ainda não conheço, agora sou autor de livro. E que difícil ainda acreditar nisso! Um projeto engavetado por tantos anos até que a editora Oficina me mostrou que era possível. Daí veio a campanha, e foi uma conquista ter podido obter no Catarse os fundos necessários para que o sonho decolasse.

Há algumas semanas participei de um debate no Esquenta Primavera, minha primeira aparição nessa nova condição de autor. É ainda estranho pensar que sim, existe um livro escrito por mim. É encantador pensar que pessoas que eu não conheço estarão lendo as histórias escritas por mim. Se o meu maior problema, longe de ser a deficiência visual, é a falta de acessibilidade e o preconceito, espero que esse livro sirva como uma ponte para uma sociedade mais justa e mais igual, que trate a pessoa com deficiência com naturalidade, bom senso e empatia.

Mas chega de falar do livro. Convido vocês a lerem e tirarem suas próprias conclusões. Porque livro como esse você nunca viu, e nem eu.

Adquira aqui o livro Histórias de cego.

Marcos Lima é jornalista, palestrante, youtuber e o criador do canal Histórias de cego,
que atingiu mais de 180 mil inscritos e 4.3 milhões de visualizações. Em seus vídeos,
Marcos conta de forma leve e divertida o cotidiano de uma pessoa cega.
Se formou em jornalismo pela UFRJ, e é um dos fundadores da Urece Esporte e
Cultura. Amante de esportes, jogou futebol de cegos por alguns anos, se tornou em 2008
o primeiro cego brasileiro a esquiar na neve, trabalhou na copa do mundo 2014, nos
jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *