Publicado em Deixe um comentário

Teolinda, Alice e outras mulheres

Depois de A cidade de Ulisses, Teolinda Gersão, uma das mais importantes contistas e romancistas da literatura portuguesa contemporânea, lançou em julho um novo livro pela Oficina Raquel. Trata-se de Alice e outras mulheres, uma antologia de contos organizada por Nilma Lacerda. Batemos um papinho com a autora sobre sua experiência conosco e sua paixão pela literatura, confira a seguir:

Foi um feliz acaso a editora Oficina Raquel ter-me descoberto. Adoro trabalhar com pessoas dinâmicas, apaixonadas por literatura, e de uma geração mais nova.

Mais do que livros, literatura é uma excelente definição da Oficina Raquel. Raquel Menezes, que a dirige, – (e não, não foi ela que a “baptizou” com o seu nome) – tem um curso universitário em Letras e uma cultura com provas dadas. Como todas as empresas, precisa obviamente de vender livros para sobreviver,  mas não é o lucro que a move, é muito mais do que isso: O desejo de contribuir para o progresso da mentalidade e da cultura de quem lê e fala português, onde quer que esteja, país, geografia, cultura ou continente.

Também nesse desígnio nos encontramos: o que me move a escrever não são prémios, dinheiro ou celebridade, quero infinitamente mais do que isso: Ser livre de tentar mudar alguma coisa no mundo, por mínima que seja. Nada me é mais gratificante do que  testemunhos que recebo de leitores –  ao longo de quatro décadas são naturalmente numerosos, e chegam de todos os quadrantes.

Não é raro escreverem, por exemplo, sobre um ou outro livro: mudou a minha vida, tencionava seguir outro curso, mas decidi estudar literatura , é o livro que eu gostava de ter escrito, foi escrito para mim, é a história da minha vida, é a história que eu gostava de ter vivido, fez-me repensar o mundo, marcou-me, inquietou-me, provocou-me, levou-me a olhar a vida e as pessoas de outro modo, percebi que a literatura é uma forma de liberdade e de luta, etc..

Perante o estado actual do mundo, tenho consciência de que a minha geração falhou em aspectos absolutamente essenciais. Se eu puder contribuir, mesmo na ínfima escala de pessoa a pessoa, para transmitir isso às gerações mais jovens, como incentivo e apelo a que não desistam onde nós falhámos, valerá a pena ter dedicado a minha vida à escrita.

Amanhã, dia 19 de setembro, a Universidade Católica de Petropólis promoverá o lançamento on-line do livro “Alice e outras mulheres” pelo Youtube, organizado por Nilma Lacerda e escrito por Teolinda Gersão. Venha prestigiar! O link para participar do evento encontra-se aqui

Teolinda Gersão estudou nas Universidades de Coimbra, Tubingen e Berlim, foi leitora de Português na Universidade Técnica de Berlim e professora catedrática de Literatura Alemã e de Literatura Comparada na Universidade Nova de Lisboa.
Viveu na Alemanha e no Brasil (São Paulo) e passou algum tempo em Moçambique. Foi escritora residente na Universidade da California, em Berkeley.
É autora de 17 livros de ficção, e está traduzida em 20 países.
Recebeu alguns dos mais importantes prémios literários portugueses, entre os quais por duas vezes o Prêmio de Ficção do Pen Clube, o Grande Prêmio de Romance e Novela da APE, o Grande Prêmio do Conto Camilo Castelo Branco, o Prêmio Vergílio Ferreira, o Prêmio Fernando Namora, e fez parte da short list do Prêmio Europeu de Romance Aristeion.
Em 2018 recebeu o Albert Marquis Lifetime Achievement Award.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *