Publicado em Deixe um comentário

Oh, margem! Reinventa os rios! Livro de água em movimento!

Por Cidinha da Silva

“Dia desses escrevi que a Oficina Raquel é a nona editora de mulher pela qual publico. Uma alegria. E um livro muito querido, Oh, margem! Reinventa os rios!, esgotado desde 2018.

A edição da Oficina Raquel contará com dois contos e três crônicas novas, a saber: “Thriller” (originalmente publicado na Alemanha), “Querubim Pretim”, “O dia que o livro foi traje de gala”, “Musashi e Spider” e “O lugar de fala de quem se pergunta em que inimaginável mundo novo vivemos?”. A grande novidade, entretanto, é a organização dos textos como o curso de um rio, nascente, afluente, leito e foz, proposta pela querida editora Raquel Menezes. Adorei a sugestão e a acatei de pronto. Raquel acrescentou um fluxo novo à narrativa do rio, digo, do livro.

Para apresentá-lo convidei o escritor Paulo Scott que há alguns anos havia me dito que gostava muito da obra, aproveito para agradecer de público sua disponibilidade. A amiga e escritora Maria Valéria Rezende também escreveu sua palavra para o livro e é mais um agradecimento que acrescento.

A capa é um presente, arte do premiado  escultor mineiro, Jorge dos Anjos, um homem do ferro. Telefonei ao Jorge e, ressabiada, solicitei a cessão de uma imagem do seu acervo. Ele me atendeu como a uma velha amiga, como se não nos falássemos há 20 anos, embora acompanhemos com admiração nossas trajetórias. Gracias, Jorge e também à Irena que nos atendeu de maneira tão solícita.

O livro é dedicado a duas pessoas muito caras a mim, um filho e uma filha de Ogum, como Jorge dos Anjos. “Oh, Margem” é de Ricardo Aleixo, poeta mineiro-virginiano que completou 60 idades em setembro. É também de Sueli Carneiro, paulista-canceriana de ascendência mineira que completou 70 idades em junho, ambos neste ano da graça da pandemia de Covid-19. Ao homenageá-los na fase mais madura da vida, reverencio por oposição, a maioria nossa, da gente negra, que morre cedo, a quem é negada a dádiva de envelhecer com saúde.

Para terminar, conto a vocês que numa live com colegas escritores no mês de agosto, quando perguntada sobre os projetos futuros, mencionei o lançamento de duas segundas edições de livros ainda no segundo semestre, o colega mediador, surpreso indagou: mesmo na quarentena? Eu disse sim, um sim seco, porque não daria bola para a descrença contida na pergunta. De certo ele não conhece a assertividade da Oficina Raquel, eu conheço. “

Oh, Margem! Reinventa os rios! entrará em pré-venda no site da Oficina Raquel dia 6 de outubro e será finalizada dia 20 do mesmo mês. Os livros comprados na pré-venda serão autografados e enviados com um brinde.

Se prepare para garantir o seu!

Cidinha da Silva (MG) é escritora e editora na Kuanza Produções (www.kuanzaproducoes.com.br). Publicou 17 livros distribuídos pelos gêneros crônica, conto, ensaio, dramaturgia e infantil/juvenil. “Um Exu em Nova York”, recebeu o Prêmio da Biblioteca Nacional (contos, 2019) e “Explosão Feminista” (ensaio), do qual é co-autora, foi finalista do Jabuti , e recebeu o Prêmio Rio Literatura 4ª edição, ambos em 2019. Têm publicações em alemão, catalão, espanhol, francês, inglês e italiano.  É curadora e âncora do programa-web Almanaque Exuzilhar (Youtube) @cidinhadasilvaescritora